MADUREIRA EM DIA DE TRIPLE-X

Eram tempos de DVD e Blockbuster. O Netflix só comia pelas beiradas o mercado americano. Em 2002 o ator Vin Diesel atuou no inesquecível filme Triple-X. Nessa madrugada de sábado dia 13 de janeiro, foi a vez de vivenciar uma experiência extrema, em ritmo alucinante. O dia começou com uma maravilhosa pedalada de esquenta, rumo …

O ATRASO, A EXTINÇÃO DE EMPREGOS E O IA DA NOVA PRODUTIVIDADE

Quantas pessoas perderam seus empregos quando a roda foi inventada? Qual o número de bravos guerreiros foi dizimado pela invenção das alavancas, flechas, ou realocados para a função de arqueiros? E os artesãos que antecederam a 1a Revolução Industrial? Qual o quantitativo de baixas na população levada ao desemprego sem alternativas a sobrevivência? É certo …

OS ARRECADADORES E OS BEATLES

Tax Man é a primeira trilha do álbum Revolver. É muito provável que uma boa parte dos mais jovens do Brasil nunca tenham ouvido alguma música dos Beatles. Muitos inclusive nem sabem que trata-se de uma banda de rock que mudou a cara da música no planeta. Tendo realizado mais de 250 shows ao redor …

A LÓGICA DAS APOSTAS E SUAS CHANCES

Não quero te desanimar, mas suas chances de ganho em um sistema de apostas é sempre mínima, e na média da totalidade de apostadores, a casa é a única parte que vence sempre. Todas as vezes em que esse axioma é quebrado, entram em cena outros atores das páginas policiais, com diversos recursos de monitoramento …

A NECESSIDADE DE SER FELIZ

“Quem pode querer ser feliz, se não for por amor” Ao final de alguns ciclos costumamos desejar, quase de modo automático, “felicidades”. E assim dizemos “Feliz Aniversário”, e em especial ao final de cada ano “Feliz Ano Novo”. Observando de forma totalmente irresponsável o uso da palavra em letras de músicas brasileiras, tenho na lembrança …

CARNAVAL, FUTEBOL E A IDENTIDADE BRASILEIRA

Os preparativos para o Reveillon não param. Mas o que fazer no intervalo além de trocar os presentes defeituosos de Natal? Em outros lugares não sei. Mas no Rio de Janeiro, é fácil. A Cidade que detém a senioridade no quesito poder, pois foi por quase 200 anos a capital do Brasil, sabe que o …

A REVOLUÇÃO DAS MÁQUINAS DE FUTEBOL

O ano de 2023 vai se confirmando como aquele que consolidou a ideia de que a Inteligência Artificial substituirá em uma série de atividades intelectuais produtivas, o trabalho humano. Recentemente escrevi sobre o que significa para muitos a palavra inteligência. A substituição e a condição obsoleta do homem é fato irrefutável, automações em diversos setores, …

BOICOTES, BLOQUEIOS, CANCELAMENTOS E XOXOTAS

Faça amor não faça guerra. A humanidade não funciona exatamente dentro desses princípios. É que nosso cérebro não é exatamente aquela brastemp. Pelo contrário, olhando pela perspectiva fragmentar, o hibridismo do qual derivamos e a complexidade incontrolável está submersa em enigmas cujo código só arranhamos a superfície. Mistérios. A ideia de paz entre tribos é …

ESSA SOPA QUE NEM PARECE SOPA…

Viajamos na ideia de comer como uma nação indígena moradora do gelo do Alasca. Os esquimós e seus iglus remetem a memórias infantis de um mundo com uma certa pureza e muitas lendas. Encontramos receitas com um peixe muito utilizado na gastronomia japonesa, que por ser importado  chega cada vez mais caro nas mesas do …

CHEGOU O DEZEMBRO, O DEZEMBRO CHEGOU

O ano de 2023 chegou ao seu último mês. Repetindo a tradição, que insiste em contrariar as afirmações que considero, se não aterrorizantes, porque não dizer terroristas, das igrejas que insistem em espalhar o medo pela via do fim do mundo, captando assim dinheiro dos incautos, na sacolinha e conversão de mais gente de boa …

O SARAU, O SENTIR E SUAS EPÍGRAFES

Sua literatura está em dia? Mentira. Sei que você anda lendo pouco. A consequência disso para o mundo prático que frequenta? Nenhuma. Se a leitura anda rasa, imagine a presença em rodas de poesia, e saraus? É muito provável que nunca tenha frequentado algum. Tenho notícia mesmo de adultos que nunca foram ao cinema, teatro …

A VIDA DE GADO E UM POETA DO POVO

A primeira vez que assisti a um show de Zé Ramalho já vai tão longe que explica o desinteresse da garotada pelo cantor e poeta. Existia o Projeto Pixinguinha, em Brasília, e por meio dele era possível conhecer a obra de artistas nacionais de relevância para a cultura nacional, a um preço popular. Ainda vivíamos …

RIDLEY SCOTT E O SEU BONAPARTE

Certa vez, na casa de um amigo em Madrid, a única coisa que poderia fazer no avançar da noite era ler o excelente livro sobre Napoleão Bonaparte, do qual só me lembro da capa. Infelizmente os filmes e documentários produzidos atualmente acabam desembocando num retrato pouco histórico e muito caricata do personagem protagonista. Vale como …

EVENTOS EM TEMPOS EXTREMOS

Event, Venue, Risk… Três palavras, e a reverência ao historiador Eric Hobsbawm, autor do livro A Era dos Extremos. Nossa época é banhada de confortos, por onde se infiltram as piores práticas, pela participação de minorias extremistas, que acreditam que o mundo deve ser talhado para os fortes. Na encruzilhada desse dilema, pelo menos duas …

LIVROS CENSURADOS E AQUECIMENTO GLOBAL

Sou morador de uma cidade em risco. Sob muitos aspectos, a Cidade do Rio de Janeiro, conhecida pelas praias e sol, é um lugar que enfrenta perigos produzidos nos últimos dois séculos. Um deles é o risco climático. Chegamos no dia de hoje a uma sensação térmica de quase 60 graus Celsius,  esse senhor, outrora …

IN THE NAME OF MERCY GIVE

O poster realista “In The Name of Mercy Give“, de Albert Herter retrata bem a falência de valores que deveremos enfrentar sem medo. A arte e a política se comunicam, a propaganda e os panfletos, informação e intenção. A misericórdia não anda em alta nesses tempos sombrios. É preciso reconhecer isso, para a seguir atuar, …

CLUBISTAS, FUTEBOLISTAS E O ESPETÁCULO

Você certamente ainda não deve ter pensado sobre a diferença entre um clubista e um futebolista. Não se precipite nas conclusões… Além de já ser velho o suficiente, para não ter que alimentar o desejo profano, pela compreensão dos mais novos, consegui quando criança, conviver com pessoas bem mais velhas do que eu. Guardo a …

A ÚLTIMA MÚSICA…

Não sei porque, lembrei do Último Tango em Paris, dos últimos, do último suspiro. A morte que persegue os vivos-mortos. As perseguições implacáveis, em busca, ao fim e ao cabo de força, do nada, enquanto ele ainda vale alguma coisa.O circo, a exibição de números e demonstrações de excepcionalidades. Cantadas por The Doors, People Are …

UM CERTO DIA HISTÓRICO, ESSE 4 DE NOVEMBRO

Esse tal de 4 de novembro… Não sendo uma data em específico – não era dia de Todos os Santos, ou Dia dos Mortos, sequer ponto facultativo ou Dia da Proclamação da República – me deixou na mesa do osciloscópio, observando a vibração de ondas de um éter intangível, substância imaterial que deveria guiar meu …